Unidades Básicas de Saúde de Paudalho estão reabastecidas

Thales Kirion

Todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Paudalho foram reabastecidas nesta quinta (8) e sexta-feira (9). O secretário de Saúde, Orlando Jorge, explicou o motivo da dificuldade que foi superada “Nós queremos dizer que estamos passando por uma crise econômica muito forte instalada no Brasil desde 2014 e isso tem desdobramento, tanto no ponto de vista da economia do país, quando nas arrecadações dos órgãos públicos. Para se ter uma ideia, o Governo de Pernambuco, desde 2013, não repassa o cofinanciamento das quatros políticas, que são: Assistência Farmacêutica, SAMU, Hospitais de Pequeno Porte e a Atenção Básica. Com a falta do repasse nós estávamos com dificuldades. Porque o SUS é custeado pelo Município, Estado e o Governo Federal. Aí tivemos que priorizar algumas áreas”, disse.

Ainda segundo o secretário de Saúde, Orlando Jorge, o desafio foi superado e o todas as UBSs já estão abastecidas. ” Nós já regularizamos toda essa dificuldade! Não estávamos parados, mas sim trabalhando diariamente para sanar o problema. Durante esse tempo nós tivemos que priorizar o fornecimento dos medicamentos controlados e de urgência e emergência que são usados na UPA, Centro de Parto, entre outros. Mas, agora tudo está normalizado. Nosso objetivo é de cada vez mais melhorar a qualidade do serviço”, disse.

Na imagem o secretário da pasta, Orlando Jorge.
Foto: Isak de Castro/PMP

Novas UBSs

A Prefeitura do Paudalho, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Agrário segue realizando as obras das novas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do município. São elas: Alto Dois Irmãos (R$ 642.322,43), Belém (R$ 524.499,00), Centro (R$ 642.994,60), Asa Branca I (R$ 668.154,64), Asa Branca II (R$ 671.945,26) e São Sebastião (R$ 677.408,36). De acordo com a Secretaria de Saúde serão investidos ainda cerca de R$1 milhão em equipamentos, o que vai totalizar mais de R$ 4,8 milhões injetados com a construção.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, serão investidos ainda cerca de R$1 milhão em equipamentos, o que vai totalizar mais de R$ 4,8 milhões injetados na construção.

Confira os detalhes no vídeo: