Prefeitura do Paudalho inicia Campanha de Vacinação Antirrábica nesta quarta-feira (21)

Maria Clara Carneiro

Começa amanhã (21) a Campanha Nacional de Vacinação Antirrábica para cães e gatos no município do Paudalho. A ação será promovida pela Secretaria Municipal de Saúde junto a Vigilância Ambiental e tem como objetivo imunizar esses animais contra a raiva, doença que também é transmissível para seres humanos. De acordo com o cronograma das pastas, a campanha ocorrerá até o dia 10 de novembro e passará por vários pontos da cidade.

A primeira etapa da campanha será realizada na área rural do município. O atendimento ocorrerá das 8h às 16h nas datas e lugares previamente definidos. O ponto de partida da ação será a comunidade de Guadalajara, a vacina estará disponível no Colégio Municipal de Guadalajara (CMG) e na Escola Gilda Barbosa. É recomendável comparecer no local estabelecido portando a caderneta de vacinação do pet. Caso o animal ainda não tenha, o documento será feito durante a consulta.

Confira abaixo a lista com as datas e os locais onde a vacinação será realizada:

DataBairroLocalHorário
21 e 22.10Guadalajara1 – CMG
2 – Escola Gilda Barbosa
8h às 16h
23.10.20Chã AlegrePróximo ao PSF de Chã Alegre8h às 16h
23.10.20Chã de CamilaPróximo ao Bar de Bibi8h às 16h
26.10.20Chã de CruzEscola Mun. Maria de Fátima8h às 16h
26.10.20MussurepeEscola Mun. Sinhô Bandeira8h às 16h
27.10.20MuriongoVolante8h às 16h
27.10.20Rosarinho Volante8h às 16h
27.10.20DesterroEscola Elisa Fidelis8h às 16h
29.10.20Chã de Conselho Fonte de AldeiaEscola Mun. Jose Bonifácio Volante8h às 16h
29.10.20JuncoEscola Mun. do Junco8h às 16h
29.10.20ItaboraíVolante8h às 16h
30.10.20Barragem do GoitáVolante8h às 16h
30.10.20São Severino dos RamosVolante8h às 16h
Foto: Pixabay.

Saiba mais sobre a doença

A raiva é uma enfermidade viral infecciosa aguda transmitida por meio da saliva dos animais contaminados e passada, principalmente, pela mordida dos animais doentes – sejam eles gatos ou cães. Nos cachorros e no homem, o vírus da doença pode permanecer encubado por até 2 meses antes que os seus sintomas (também bastante similares) comecem a aparecer; sendo que, nos gatos, a doença destaca sinais diferenciados, mas não menos agressivos. Os sintomas podem incluir a dor de cabeça, salivação excessiva, espasmos musculares, paralisia e confusão mental. Na maioria dos casos a raiva é fatal. O único modo de proteger os animais é por meio da vacina.